Tag: Verdade

O Significado de Heresia

O Significado de Heresia

Compreendemos o problema da heresia quando adentramos no significado da palavra em questão; o que significa heresia, afinal? Significa “a escolha, a seleção e preferência de uma parte da verdade em detrimento do todo da verdade”. Que isso quer dizer? Que os heréticos absolutizam apenas um aspecto da verdade, um aspecto, no entanto, que comporta […]

Continue Lendo

Quatro características fundamentais do construtivismo político de John Rawls

Quatro características fundamentais do construtivismo político de John Rawls

John Rawls, em sua Conferência II sobre o Liberalismo Político, trata do construtivismo político, acreditando que este salvaguarda o pluralismo razoável e assegura a possibilidade de um consenso sobreposto em relação a seus valores políticos fundamentais, isso por conter quatro características elementares, a saber: PRIMEIRA CARACTERÍSTICA DO CONSTRUTIVISMO POLÍTICO: “Os princípios de justiça política (conteúdo) […]

Continue Lendo

O conceito de Logos em Heidegger

O conceito de Logos em Heidegger

Uma das propostas fundamentais de Heidegger é desobstruir a polissemia do conceito de logos. Eis como, à sua maneira, a filosofia heideggeriana se volta à anterioridade do logos apofântico[1] que, ao contrário de vislumbrar o ser simplesmente dado (vorhanden), se atenta ao contexto de cada coisa em sua relação com a totalidade. O sujeito então […]

Continue Lendo

Crítica de G. K. Chesterton ao ceticismo da Modernidade

Crítica de G. K. Chesterton ao ceticismo da Modernidade

G. K. Chesterton, embora tenha vivido num momento histórico cujo império das opiniões circundava a praticidade antimetafísica, encontrou um direcionamento oposto à Modernidade, a saber, o seio da tradição cristã. Na sua busca, em primeiro lugar, ele intuiu que este mundo é incapaz de explicar-se. Em segundo, passou a acreditar que o sobrenatural tem algum significado, e que isso […]

Continue Lendo

O Mestre: Linguagem e Conhecimento na Filosofia Agostiniana

O Mestre: Linguagem e Conhecimento na Filosofia Agostiniana

1. BREVE HISTÓRICO: CONCEPÇÃO LINGUÍSTICA ANTERIOR E CONCOMITANTE A PLATÃO Apresentada desde antes dos gregos, a linguagem tinha uma relação mágica ou mítica com o universo, falar era participar do mesmo. As sociedades primitivas vêem a palavra como uma substância e uma força material, como um elemento cósmico do corpo e da natureza. Praticamente não havia […]

Continue Lendo

O racional e o místico no Tratactus de Wittgenstein

O racional e o místico no Tratactus de Wittgenstein

Esta publicação será narrada através de uma compreensão da obra O Racional e o Místico em Wittgenstein (2001) de Urbano Zilles. Atentai ao fato de que esta não é a compreensão da obra ela mesma, mas uma compreensão por meio dela que, assim como ela, corresponde a uma tentativa, por intermédio do Tractactus Logico-Philosophicus, de compreender a maneira como nosso pensamento pode encontrar um caminho […]

Continue Lendo

Princípios do cuidado de si

Princípios do cuidado de si

A amizade se desenvolve em conformidade com a presença e a intimidade dos homens quando estes assentam a companhia mútua; não é possível ser amigo de um homem em completa solidão. O amor é fruto da alegria daqueles que conhecem a beatitude e o cuidado de si para então cuidar do outro; não se deve […]

Continue Lendo

O Iluminismo judaico e a Haskalá na filosofia Mendelssohniana

O Iluminismo judaico e a Haskalá na filosofia Mendelssohniana

Notável tanto na filosofia do Iluminismo alemão como na do judaísmo, Moisés Mendelssohn (1729-1786) foi o primeiro filósofo judeu moderno. A princípio Mendelssohn não aspirava construir uma teoria filosófica do judaísmo, ou seja, seu principal intento não era justificar racionalmente a fé de seus antepassados como faziam muitos pensadores medievais, todavia seu pensamento acaba por levá-lo […]

Continue Lendo

Opinião e crença: a justificação do conhecimento

Opinião e crença: a justificação do conhecimento

Platão costumava distinguir a doxa (opinião) da episteme (conhecimento) – razão pela qual muitos estudos provenientes, em sua maior parte, da tradição inglesa e americana apontam um conteúdo predominantemente epistemológico (ou pelo menos uma antecipação dos problemas típicos da epistemologia contemporânea) em suas obras, especialmente no Teeteto. O filósofo ateniense criticava a aplicação sofistica, alegando ser essa uma atividade que, através de sua […]

Continue Lendo

O Veneno da Dúvida

O Veneno da Dúvida

A dúvida é incompatível com a religião, pois esta exige dos fiéis uma certeza cega pelo culto ao livro tido como sagrado e mensageiro da verdadeira palavra Deus. Aqueles que duvidam são quase sempre considerados hereges, dignos do Inferno e das piores torturas. Entretanto, a humanidade se renova e melhora a si mesma a partir […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas