Tag: Santidade

Guerra à filosofia do talvez

Guerra à filosofia do talvez

Nietzsche é elogiado por uma multidão de jovens e homens imaturos; não porque ele é um filósofo verdadeiro, mas porque é um poeta sedutor. Ele seduz os corações enfermos; os corações que se encontram diante do Abismo, sendo este abismo um dos maiores ídolos que o homem imaginou após a queda. O abismo sim é […]

Continue Lendo

É hora d’a filosofia ouvir

É hora d’a filosofia ouvir

É hora d’a filosofia ouvir É momento d’o filósofo sentir E não mais ser o Sr. sentado no gabinete. Não há mais espaço Para que o filósofo seja senhor de si, Agora há muitas outras forças; Como a d’o senhorzinho que cozinha alface, D’a virtude de quem larga o cigarro, D’a determinação de um santo. […]

Continue Lendo

A sabedoria de Santo Antão do Deserto

A sabedoria de Santo Antão do Deserto

“Aquele que pratica a hesequia no deserto está liberto de três castas de luta: a do ouvido, a da palavra e a da vista. Só lhe resta um combate a travar: o do coração” – Santo Antão. Santo Antão do Deserto, também chamado de Santo Antão do Egito, Santo Antão, o Grande, Santo Antão, o Eremita, Santo […]

Continue Lendo

Morte e sensualidade

Morte e sensualidade

O Erotismo de Bataille

Precedido pelo Miroir de la Tauromachi (ensaio de Michel Leiris, 1938) onde o erotismo se liga à vida, não como ciência, mas como paixão e contemplação poética, George Bataille, em O Erotismo (1957), antes de tudo mostra o assunto como algo já há muito tempo tratado de forma aberta entre as pessoas, não mais como outrora, isto é, quando um “homem sério” […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas