Tag: Psicologia

Feminismo e Ideologia de Gênero numa perspectiva Tradicional

Feminismo e Ideologia de Gênero numa perspectiva Tradicional

Se observarmos as antigas tradições espirituais pode-se notar que geralmente se tem associado ao masculino o ativo e o exterior, o aspecto exotérico de uma cultura, enquanto que o feminino está associado ao passivo, o interior, o oculto, aquilo que não é mostrado explicitamente à luz – a alma, por exemplo, está sempre relacionada com […]

Continue Lendo

Concepções gerais do Reducionismo e o modelo de Ernest Nagel

Concepções gerais do Reducionismo e o modelo de Ernest Nagel

O termo redução vem do vocábulo latino re-ducere ou do alemão zurückführen (reconduzir) o que já nos aponta pelo menos um caminho, a saber: o ato de conduzir de volta conceitos, termos, leis, teorias ou objetos a partir de outros domínios que na verdade são seus correspondentes mais verossímeis. A conseqüência de tal feito é a […]

Continue Lendo

Psicanálise e Antropologia Cristã Ortodoxa

Psicanálise e Antropologia Cristã Ortodoxa

Por Christos Yannaras

O desejo não aspira apenas à sobrevivência biológica, mas a uma vida sem limites, uma vida imortal. O significante da resposta ao desejo sempre emerge no espaço do Outro, e este emergir estabelece o sujeito lógico. No entanto, o Outro permanece sempre o transcendente objetivo de um relacionamento pleno, da vida imortal. É por isso […]

Continue Lendo

Materialismo versus mentalismo: Cinco tipos de reducionismo

Materialismo versus mentalismo: Cinco tipos de reducionismo

Na obra A Redescoberta da Mente (1997) John Searle ambiciona minar as bases sobre as quais se assenta toda a tradição materialista que lhe precede. Segundo o autor as tese materialistas se compõe num grupo de concepções e pressuposições metodológicas sucintas em 7 assunções, a saber: No estudo cientifico da mente, a consciência e suas características especiais não […]

Continue Lendo

Quatro tipos de fenômenos mentais

Quatro tipos de fenômenos mentais

Uma caracterização geral e bastante sintética dos fenômenos mentais permite classificá-los em quatro modos, a saber: Estados sensoriais: Tais como as sensações determinadas (na qualidade de branco, preto, doce, amargo etc.) e as articulações dessas determinações, os estados sensoriais dizem respeito ao aspecto qualitativo pelo qual a totalidade de uma percepção é formada. A propósito, foi a partir de Descartes […]

Continue Lendo

O “Novo Método” de Stanislavski

O “Novo Método” de Stanislavski

O primeiro desafio ao se dissertar sobre o método de Stanislavski se encontra no fato de que em sua finalidade a exposição crua não alcança as dimensões do teatro, isto porque para ele o universo teatral vai além da simples compilação abstrata acerca de como o ator deve proceder na construção de seu personagem. Provavelmente […]

Continue Lendo

Maturidade de julgamento moral e características de personalidade

Maturidade de julgamento moral e características de personalidade

Através da tese de Joana Sueli de Lazari, tive conhecimento de que já nos anos 70 se pensava sobre as Relações entre maturidade de julgamento moral e características de personalidade. A pesquisadora investigou “a existência da relação entre determinadas características de personalidade e grau de maturidade para fazer julgamento moral” (Arq. bras. Psic., Rio de Janeiro, […]

Continue Lendo

O Bicho de 7 Cabeças

O Bicho de 7 Cabeças

O Bicho de 7 Cabeças. Brasil, 2001. Dir. Laís Bodanzky. Com Rodrigo Santoro, Othon Bastos, Cássia Kiss, Jairo Mattos, Caco Ciocler, Luis Miranda, Valéria Alencar. Duração: 1h20. Assentado no relato autobiográfico dos Contos Malditos de Austregésilo Cerrano Bueno, o filme Bicho de Sete Cabeças mostra como Neto, personagem de Rodrigo Santoro, conhece a cruel realidade dos hospícios manicomiais brasileiros. O jovem já […]

Continue Lendo

Medo: do movimento natural ao problema da finitude

Medo: do movimento natural ao problema da finitude

A partir da semelhança entre as paixões dos diferentes homens, quem quer que olhe para dentro de si mesmo, e examine quaisquer uma de suas manifestações corporais e/ou psíquicas, poderá ver que são as mesmas que regem a todos os homens, especialmente naquilo que permanece desde o nascimento, isto é, o medo. O grande filósofo […]

Continue Lendo

A ética entre o emotivismo e racionalismo

A ética entre o emotivismo e racionalismo

Em que medida os sentimentos podem ser critério para a avaliação da moralidade?

A concepção dos sentimentos como critério para a avaliação da moralidade das ações humanas caminha em sentido contrário, ao menos em sua completude, à ética racionalista (a exemplo do racionalismo ético encontra-se o cerne teórico da boa Vontade de Immanuel Kant. Esta seria determinada apenas por princípios a priori – ou seja, por leis racionais […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas