Tag: Moral

Como pensar com conceitos

Como pensar com conceitos

Antes de educar-se em Filosofia, é necessário aprender a trabalhar com a mesma a partir de seus problemas, sendo um dos primeiros, a análise de conceitos. Isso porque as palavras, em seu uso comum, quase sempre estão aquém dos conceitos dos filósofos, ou antes carregam uma série de usos possíveis, mas nunca uma concepção ou […]

Continue Lendo

Semelhanças e diferenças entre Marx e Hegel

Semelhanças e diferenças entre Marx e Hegel

Com finalidade de demonstrar as semelhanças e diferenças entre Karl Marx e G. W. F. Hegel, devemos, antes de tudo, principiar que muitas de suas discordâncias estão imersas em suas convergências, pois Marx retira muito do pensamento de Hegel, sem, porém, se limitar a este, razão pela qual o primeiro “revoluciona” o sentido da obra […]

Continue Lendo

Breve nota sobre religião e moral

Breve nota sobre religião e moral

Nenhuma religião veraz poderá ser moralista, porque se o for, hesitará em religar o homem ao divino, conservando-o porém ligado ao Estado, à nação. Disto não decorre que a religião é amoral ou imoral. Decorre porém que sua ética lhe é como um meio vivo e prático de se converter a Deus.

Continue Lendo

Por que a Filosofia?

Por que a Filosofia?

Agora me vejo com sorte por saber que minhas primeiras motivações para adotar uma vida filosófica foram as morais. Nesse quesito os pensadores clássicos me encantaram com suas intenções genuínas; parafraseando Epicuro, quando diz que nunca é cedo para cultivar a filosofia e a felicidade, pois a primeira sendo o meio e a segunda o […]

Continue Lendo

O razoável e o racional em John Rawls

O razoável e o racional em John Rawls

John Rawls, em sua Conferência II sobre O Liberalismo Político, discorre sobre As capacidades dos cidadãos e suas representações, tratando, nessa temática, de como indivíduos razoáveis fundamentam um pacto de convivência, cujo fim é tornar harmônica a diversidade de doutrinas razoáveis proferidas pelos cidadãos, encontrando assim um consenso sobreposto acima de toda e qualquer diferença […]

Continue Lendo

As 5 principais razões de Roger Scruton para ser um conservador

As 5 principais razões de Roger Scruton para ser um conservador

“O conservadorismo advém de um sentimento que toda pessoa madura compartilha com facilidade: a consciência de que as coisas admiráveis são facilmente destruídas, mas não são facilmente criadas“. “O conservadorismo é a filosofia do vínculo afetivo. Estamos sentimentalmente ligados às coisas que amamos e que desejamos proteger contra a decadência”: Mesmo diante de divergências, algo […]

Continue Lendo

A didática da filosofia nas escolas francesas

A didática da filosofia nas escolas francesas

No livro Filosofia para crianças em debate, François Galichet[1], uma vez que avalia positivamente o ensino da filosofia na França, expõe debates e perspectivas da didática do seu país de origem. Para o ensino da filosofia nas escolas do Ensino Médio, segundo as instruções oficiais francesas, o educando deve fazer uma síntese da totalidade dos saberes […]

Continue Lendo

Não-ser, káiros e verdade como kosmos do discurso

Não-ser, káiros e verdade como kosmos do discurso

As teses de Górgias

Introdução Eis como Aldo Dinucci designa seu desafio na Miscelânea Sofística: “Falar sobre a Sofística para rebater a costumeira depreciação do pensamento sofístico”. O professor se propõe a descaracterizar os infundados preconceitos milenares a respeito da Sofística que distinguem esta da Filosofia, colocando-a como uma anti-Filosofia. No entanto, uma vez que Platão “encontrou relevância no pensamento sofístico, […]

Continue Lendo

A Moral Provisória de Descartes

A Moral Provisória de Descartes

Antes de ser filósofo o filosofante é um homem, por conseguinte, continua em contato com seu corpo, com outros homens e com o tempo e a cidade onde vive. Mais que isso, contínua e necessariamente ele deve agir, deliberar, fazer escolhas. Eis que surge um contratempo: no estágio da dúvida, enquanto se pode fazer uma suspensão […]

Continue Lendo

Maturidade de julgamento moral e características de personalidade

Maturidade de julgamento moral e características de personalidade

Através da tese de Joana Sueli de Lazari, tive conhecimento de que já nos anos 70 se pensava sobre as Relações entre maturidade de julgamento moral e características de personalidade. A pesquisadora investigou “a existência da relação entre determinadas características de personalidade e grau de maturidade para fazer julgamento moral” (Arq. bras. Psic., Rio de Janeiro, […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas