Tag: Lei

Semelhanças e diferenças entre Marx e Hegel

Semelhanças e diferenças entre Marx e Hegel

Com finalidade de demonstrar as semelhanças e diferenças entre Karl Marx e G. W. F. Hegel, devemos, antes de tudo, principiar que muitas de suas discordâncias estão imersas em suas convergências, pois Marx retira muito do pensamento de Hegel, sem, porém, se limitar a este, razão pela qual o primeiro “revoluciona” o sentido da obra […]

Continue Lendo

O seu, o justo e o Direito: O realismo jurídico de Javier Hervada

O seu, o justo e o Direito: O realismo jurídico de Javier Hervada

A singularidade do curso de Direito Como se sabe, quando se é um estudante de Direito nos deparamos ao longo do tempo com uma problemática severa: que área seguir? Isto se dá pela particularidade do curso supracitado, pois este oferece um vasto leque de áreas de atuação. Certo é, também, que o curso de medicina, […]

Continue Lendo

Crítica de G. K. Chesterton ao ceticismo da Modernidade

Crítica de G. K. Chesterton ao ceticismo da Modernidade

G. K. Chesterton, embora tenha vivido num momento histórico cujo império das opiniões circundava a praticidade antimetafísica, encontrou um direcionamento oposto à Modernidade, a saber, o seio da tradição cristã. Na sua busca, em primeiro lugar, ele intuiu que este mundo é incapaz de explicar-se. Em segundo, passou a acreditar que o sobrenatural tem algum significado, e que isso […]

Continue Lendo

Assujeitamento manifesto

Assujeitamento manifesto

| 22/06/2016 | 1 Comentário

Este é meu primeiro manifesto público; o primeiro momento em que expresso a curiosidade diante de tantas vontades autosilenciadas, perante algum número absurdo de sujeitos que desconheço, mas que se sujeitam às minhas palavras desditosas, recém boquiabertas. É curioso manifestar-me somente agora, quando desde sempre tenho a vontade, a pulsão, a existência, a possibilidade e […]

Continue Lendo

A Moral Provisória de Descartes

A Moral Provisória de Descartes

Antes de ser filósofo o filosofante é um homem, por conseguinte, continua em contato com seu corpo, com outros homens e com o tempo e a cidade onde vive. Mais que isso, contínua e necessariamente ele deve agir, deliberar, fazer escolhas. Eis que surge um contratempo: no estágio da dúvida, enquanto se pode fazer uma suspensão […]

Continue Lendo

A problemática do fundamento do Direito em Kafka

A problemática do fundamento do Direito em Kafka

O Ser infundado que é dever-ser
| 08/03/2016 | 1 Comentário

Na cidade de Praga, em 3 de julho de 1883, nasce Franz Kafka, escritor influente do século XX até os dias atuais. O autor de obras renomadas como A Metamorfose e O Processo escreveu de contos a romances. Como base para O Ser infundado que é dever-ser temos uma parábola intitulada Diante da Lei cujo enredo traz um homem do campo que tem por intenção “entrar […]

Continue Lendo

Princípios do cuidado de si

Princípios do cuidado de si

A amizade se desenvolve em conformidade com a presença e a intimidade dos homens quando estes assentam a companhia mútua; não é possível ser amigo de um homem em completa solidão. O amor é fruto da alegria daqueles que conhecem a beatitude e o cuidado de si para então cuidar do outro; não se deve […]

Continue Lendo

“Meu corpo, minhas regras”?

“Meu corpo, minhas regras”?

Quem de nós mulheres pode estabelecer uma regra própria aos seus respectivos corpos? Acaso o que importa nesta sentença é unicamente o nível civil, como se esse estivesse apartado da natureza? Claro que nesse âmbito o “nosso“ corpo não é (ou não deveria ser) propriedade de homem algum nem do Estado e das demais organizações […]

Continue Lendo

O Livre Arbítrio: as leis dos homens e a ordem eterna

O Livre Arbítrio: as leis dos homens e a ordem eterna

Este texto tem por finalidade abordar o Capítulo 5 (Outras objeções: e os homicídios cometidos em autodefesa, admitidos pela lei civil?) e 6 (Solução: saber distinguir a lei eterna das leis temporais) da obra O Livre Arbítrio de Santo Agostinho. No início do Libre Arbítrio Agostinho versa sobre as seguintes questões: <<É possível matar, sem nenhuma espécie de paixão, […]

Continue Lendo

Brasil: um país globalmente corrupto e irreverente

Brasil: um país globalmente corrupto e irreverente

Sobre os atuais escândalos públicos brasileiros

Brasil, um país de todos – todo mundo já ouviu essa legenda em propagandas políticas, entretanto, o que não temos costume de ler são os artigos e os parágrafos constitucionais que fundamentam nosso Estado de Direito (talvez porque eles não sejam apresentados na televisão).  Está estipulada no Art.5 do capítulo primeiro da Constituição Federal <<Todos […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas