Tag: Ideia

A busca do Inútil em Bergson

A busca do Inútil em Bergson

Da natureza da mudança à dilatação da percepção na Arte

Henri Bergson revigorou a importância da metafísica no início do século XX, reestruturando radicalmente sua comum compreensão. O filósofo compreende uma metafísica do devir, distinta da ciência dos primeiros princípios, da permanência, que essencialmente constituíam a tradição filosófica histórica. Desde o início, segundo Bergson, a tradição não contemplou rigorosamente o papel da mudança, rumando sentido […]

Continue Lendo

Uma interpretação deleuziana de Nietzsche

Uma interpretação deleuziana de Nietzsche

Em sua obra Nietzsche e a Filosofia, Deleuze destaca que o projeto mais geral no pensamento nietzschiano consiste em introduzir na filosofia os conceitos de sentido e de valor de modo tal que o pensamento enfim se torne uma crítica. Crítica esta que avalia o valor dos valores, ou melhor, o problema da criação desses valores. Com […]

Continue Lendo

Breve historiografia da Biologia

Breve historiografia da Biologia

A Biologia como ciência tem raiz no mundo grego, mais especificamente através de Aristóteles que, como tutor de Alexandre, O Grande, teve o privilégio de conhecer a fauna e a flora do mundo conquistado pelo Império Macedônio. Apesar de discordar de Platão sobre o mundo das ideias, o pensamento aristotélico não rompeu com o conceito de essência, apenas […]

Continue Lendo

O problema dos universais na Escolástica

O problema dos universais na Escolástica

Roscelino de Compiègne, Guilherme de Champeaux e Pedro Abelardo

Alguns questionamentos são repetidamente discutidos na história da filosofia ocidental, como é o caso do problema dos universais: será que as coisas que vemos são pensadas mediante suas espécies e seus gêneros? Há relação entre os universais e os fatos (como a correlação entre o homem e este homem)? Em que medida o conhecimento humano se refere à […]

Continue Lendo

A  Navalha de Ockham

A Navalha de Ockham

Guilherme de Ockham é um teólogo controverso do século XIV. Embora seja filósofo cristão medieval, como nominalista rejeitava atribuir existência a qualquer entidade que não possa ter referência direta nas coisas do mundo. Costumava dizer que a pluralidade nunca deve ser proposta sem necessidade, razão cuja consequência resultou numa acusação herética: Ockham estaria pondo em risco as concepções […]

Continue Lendo

A verdade revelada e o platonismo de Sáadia Ben Iossef

A verdade revelada e o platonismo de Sáadia Ben Iossef

Inimigo do materialismo sensualista, para o filósofo judeu a crença na criação é demonstrável

Sáadia ben Iossef de Faium (882-942), filósofo judeu da Idade Média, tem por requisito básico para o filosofar uma prévia verdade da revelação. A tarefa da filosofia funciona como prova racional do que já se conhecia através do conhecimento natural da fé. Relacionando com a origem do mundo, fica óbvio para Sáadia – tanto como uma […]

Continue Lendo

Teria Platão conhecido a cosmologia do povo hebreu?

Teria Platão conhecido a cosmologia do povo hebreu?

Platão (428-347 a.C.) é considerado o primeiro filósofo, ao menos em escritos, a romper com a visão materialista (physis) atribuída à antiga cosmologia dos pré-socráticos. Este questiona-se se As causas de caráter físico e mecânico representam as ‘verdadeiras causas’ ou, ao contrário, constituem ‘con-causas’, ou seja, causas a serviço de causas ulteriores e mais elevadas. A […]

Continue Lendo

Errância das ciências pelo filósofo do martelo

Errância das ciências pelo filósofo do martelo

A partir da Vontade de Poder de Nietzsche

No início de uma de suas mais importantes obras, A Vontade de Poder, Friedrich W. Nietzsche afirma ter sido o autocontrole do homem religioso uma espécie de escola preparatória para o caráter científico. Curioso essa denominação, dado que outros filósofos como os do medievo afirmavam ter sido a filosofia um preparo para o Cristianismo. Não […]

Continue Lendo

Uma tentativa de desatar o nó geológico

Uma tentativa de desatar o nó geológico

O método cientifico e a especulação filosófica a partir do umbigo de Adão

Nesta reportagem explicarei melhor o que anteriormente havia citado a respeito do Procronismo de P. Henry Gosse (1810-1888), biólogo britânico contemporâneo de Charles Darwin. Gosse, como cristão devoto, ficou preocupado com a evidência geológica que parecia favorecer longas eras e mudanças evolucionárias, sentindo-se compelido a prover uma explicação racional para essa desconcertante evidência. Assim, em […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas