Tag: Desejo

A alma tirânica e os sonhos

A alma tirânica e os sonhos

Dizia o velho Platão que no sonho, mesmo entre os homens mais virtuosos, a razão adormece; e enquanto dorme, desperta a irascibilidade. O mesmo pensamento (ou ao menos o cerne dele) permanece ao longo dos séculos, continuadamente vivo entre os mais versados homens modernos sobre os sonhos, a maioria deles mencionados por Freud em sua […]

Continue Lendo

Kenosis (κενόω)

Kenosis (κενόω)

Kenosis vem do verbo grego κενόω, que significa “vazio”, “despir-se”. Na língua francesa, o termo akène, tem a mesma raiz deste termo grego, e é muito usado na botânica, significando uma espécie de fruto que não pode se abrir sozinho. Em sentido teológico, análogo a isso, vemos que sozinho em seu próprio desejo, que quase […]

Continue Lendo

Psicanálise e Antropologia Cristã Ortodoxa

Psicanálise e Antropologia Cristã Ortodoxa

Por Christos Yannaras

O desejo não aspira apenas à sobrevivência biológica, mas a uma vida sem limites, uma vida imortal. O significante da resposta ao desejo sempre emerge no espaço do Outro, e este emergir estabelece o sujeito lógico. No entanto, o Outro permanece sempre o transcendente objetivo de um relacionamento pleno, da vida imortal. É por isso […]

Continue Lendo

As inquietações humanas representadas na arte de Bosch

As inquietações humanas representadas na arte de Bosch

A arte sempre foi um meio para a conscientização das idéias e dos interesses mais nobres do espírito. Foi nas obras artísticas que os povos depuseram as concepções mais altas, onde as exprimiram e as conscientizaram, disse Hegel. A filosofia hegeliana mostra a arte como uma forma de linguagem humana que nos propicia a decifrar os segredos dos povos […]

Continue Lendo

Carta n. 2

Carta n. 2

sobre Deus, o Logos e o Intelecto

03 de setembro de 2015 Caro amigo Ismar, Refrescarei em tua memória aquilo que tu estavas a me dizer mais cedo. Reclamavas por, em pleno séc. XXI, conceber a ideia de ira de Deus. Mas de que falo senão de tabus linguísticos sobre Deus? Bem falei a ti não estar falando de força ditadora alguma, […]

Continue Lendo

Errância das ciências pelo filósofo do martelo

Errância das ciências pelo filósofo do martelo

A partir da Vontade de Poder de Nietzsche

No início de uma de suas mais importantes obras, A Vontade de Poder, Friedrich W. Nietzsche afirma ter sido o autocontrole do homem religioso uma espécie de escola preparatória para o caráter científico. Curioso essa denominação, dado que outros filósofos como os do medievo afirmavam ter sido a filosofia um preparo para o Cristianismo. Não […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas