Arquivo para agosto, 2015

Os afetos

Os afetos

| 31/08/2015 | 0 Comentários

A suma magia do mecanismo dos afetos é, ao meu ver, pulsões negativas e positivas poderem existir simultaneamente. Como liberdade e segurança em Bauman, os afetos se anulam, e se complementam. Quando briga com o amado: amor e ódio. Quando vê filme de terror: êxtase e medo. Quando transa com um desconhecido: prazer e desconforto. […]

Continue Lendo

A herança da tradição platônica nos medievais cristãos

A herança da tradição platônica nos medievais cristãos

Pontos fundamentais destacados por Salvatore Lillal

A teologia negativa, cuja concepção de um Deus imutável é somente um aspecto; a doutrina da inteligência divina como lugar das ideias, que não se distinguem dos pensamentos de Deus e de seus poderes criadores e são os modelos dos objetos sensíveis; a interpretação ao mesmo tempo teológica e metafísica das duas primeiras hipóteses do […]

Continue Lendo

Introdução ao Anarquismo Verde

Introdução ao Anarquismo Verde

O seguinte texto condiz com a corrente exposta, não estando vinculado à política do FiloVida. O Blog reproduz seu conteúdo sendo cunhado por valores e princípios democráticos que incluem o direito de expressão estipulado no artigo 5° IV da Constituição – É livre a manifestação de pensamento, sendo vedado o anonimato. O Anarquismo Verde busca viver em comunidades autônomas […]

Continue Lendo

O élan vital – Khepri

O élan vital – Khepri

| 30/08/2015 | 0 Comentários

Em uma madrugada oportuna de outono, vi-me tomado pelo espírito de um Übermensch. Ele sentou ao meu lado – ainda que uma parte minha dissesse-se relutante – e retirou do meu coração toda angústia desnuda, em jazigo, há tempos. No silêncio do embate, meu espectro sentiu o colapso. Logo era cancro em brasa, de um […]

Continue Lendo

Adendos ao determinismo moderado

Adendos ao determinismo moderado

| 30/08/2015 | 0 Comentários

 Existe, em mim, uma forte repulsa por alguns artigos escritos nos últimos meses quanto à questão da liberdade de escolha, baseando-se em premissas estendidas de um texto publicado pela revista Galileu em abril deste ano (2013) [1]. A revista defende, sobre os pilares de estudos neurocientíficos recentes, que certas ações que tomamos não passam pelo crivo […]

Continue Lendo

Hobbes, Kant e o dilema mecanicista

Hobbes, Kant e o dilema mecanicista

| 30/08/2015 | 1 Comentário

O determinismo de Thomas Hobbes (1588 – 1679) sustenta-se na premissa de que tudo é movido, no sentido de que todo movimento é sempre um efeito, uma reação a um agente externo ao corpo (ou causa). É chamado “mecanicismo”, uma vez que o universo, em sua totalidade, se apresentaria como uma espécie de sistema mecânico. Assim, […]

Continue Lendo

Carta n. 1

Carta n. 1

a um amigo suicida

30 de agosto de 2015 Meu amigo, Um sopro sem vida assustou meu coração quando, em nossa última conversa, falaste do nascimento de teu sofrimento já na gênese de tua existência; “como é possível a alguém sofrer desde sempre?”, perguntaste. Tomei as tuas dores para mim como faz um amigo devoto de amor, ardeu intimamente meu […]

Continue Lendo

As Revoltas de Escravos na República Romana

As Revoltas de Escravos na República Romana

As conquistas militares fizeram de Roma um estado totalmente dependente da mão de obra escrava e isto suscitou um ciclo em que cada conquista trazia mais escravos para os romanos e estes cativos impulsionavam a opulência de Roma e levando-a a fazer mais guerras. As contradições inerentes ao sistema escravista romano aumentaram grandemente as tensões […]

Continue Lendo

O desconhecimento da morte no filme The Giver

O desconhecimento da morte no filme The Giver

e como Heidegger usa o sentimento de morte como impulso.

The Giver é um filme de ficção científica e drama, dirigido por Phillip Noyce. Estreou nos cinemas no dia 14 de agosto de 2014. O longa é baseado no livro “O Doador” (1993) de Lois Lowry e é o primeiro da série intitulada “O quarteto O Doador”. Não seria interessante fazer um resumo do filme, mesmo porque não há […]

Continue Lendo

Mídia, hegemonia e contestação

Mídia, hegemonia e contestação

Afirmação do contraditório faz da mídia radical alternativa instrumento de combate
| 29/08/2015 | 1 Comentário

O fim da utopia socialista não nos trouxe uma uniformidade de pensamento, nem unanimidade a respeito de ideologias dominantes. O silêncio não recaiu nas garras do ressentimento pós-moderno. A aparente hegemonia do discurso dominante é apenas isso: aparência. Nesse contexto é que temos a insurgência das mídias alternativas, em franca oposição ao padronizado discurso da […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas